Ortodontia

A ortodontia é a especialidade da odontologia que trata os problemas de má-oclusão (mordidas erradas), desalinhamento, falta de espaço para os dentes e as irregularidades dos ossos maxilares.

O tratamento com aparelhos dentais proporciona sorrisos mais bonitos, mas vai muito além da estética.

Dentes alinhado não ajudam o seu sorriso mas também a saúde do seu organismo. Corrigir a posição dos dentes faz com que a função mastigatória da boca seja mais eficiente. Além disso, muitas outras áreas do organismo estão intimamente relacionadas com o correto posicionamento dos dentes.

Como Funciona o Tratamento Ortodôntico
Você já se perguntou como é que um dente "anda" no osso? É dessa forma que os dentes desalinhados vão para a posição correta. Assista ao video e entenda como essa movimentação acontece.
Agendamento Online
Tipos de Aparelho
Aparelho Fixo
Aparelho Fixo Estético
Aparelho Autoligado
Aparelhos Móveis
Expansor Palatino
Aparelho Extra Bucal

Para fazer a correção ortodôntica dos dentes, existem várias técnicas e tipos de aparelho.

Em algumas situações, o paciente pode escolher entre aparelhos que têm a mesma função, como no caso dos aparelhos fixos, que existem nos modelos tradicionais (prateados) e estéticos (com a cor dos dentes).

Mas, de forma geral, o que define qual tipo de aparelho o paciente precisará utilizar é o seu problema ou a sua idade.

Saiba um pouco mais sobre os aparelhos mais utilizados.
AGENDE SUA AVALIAÇÃO

Esse tipo de aparelho é ótimo para aqueles que procuram um tratamento mais discreto. Ele tem a mesma função e desempenho do tradicional, mas não tem a aparência metálica.

Os bráquetes são feitos, em geral, de policarbonato, porcelana ou safira, que são transparentes ou com a cor bem próxima à dos dentes.


AGENDE SUA AVALIAÇÃO

Com a evolução das técnicas para o tratamento ortodôntico, o aparelho também está evoluindo. Ele tem a mesma função dos anteriores, mas são menores, com formas mais arredondadas e dispensam o uso das borrachinhas (ligaduras elásticas). Isso trouxe algumas vantagens aos pacientes:

· Causam menos dor durante o tratamento
· Provocam menos machucados nas bochechas e lábios
· Facilitam a higienização bucal, diminuindo o risco de cáries, gengivite e mau hálito
· Tornam o tratamento ortodôntico mais rápido

AGENDE SUA AVALIAÇÃO

Existem vários tipos, para diversos objetivos, e devem ter suas indicações bem avaliadas, pois, por serem removíveis, o resultado do tratamento com esses aparelhos depende 100% da colaboração do paciente.

Podem servir para movimentar os dentes ou para promover alterações nos ossos da face. Nesses casos são muito eficazes para crianças, em geral, com até 12 anos de idade.

Outra função importante de um dos tipos de aparelhos móveis (e também a mais conhecida) é a de manter os dentes na posição certa, por isso, ele é indicado após a retirada do aparelho fixo para evitar que os dentes voltem à posição inicial (ou seja, “entortem” novamente). São conhecidos como Aparelhos de Contenção.

Em todos os casos, a orientação de tempo de uso deve ser seguida rigorosamente, pois seu deixar de usá-lo regularmente pode prejudicar todo o resultado do tratamento.

Fique esperto!
AGENDE SUA AVALIAÇÃO

Pouco conhecido, mas é até bem utilizado. Indicado para crianças e jovens, ainda na fase de crescimento, quando há a necessidade de aumentar a largura do palato (céu da boca) para corrigir a mordida dos dentes posteriores.
Normalmente os adultos não respondem bem à esse aparelho e, para corrigir esse problema, muitas vezes têm que recorrer à cirurgia ortognática (o alargamento do palato é feito cirurgicamente).

Por isso fica a dica! A prevenção é sempre o melhor caminho! Quanto antes um problema ortodôntico for diagnosticado, mais fácil, rápido e confortável é para o paciente!


AGENDE SUA AVALIAÇÃO

Popularmente conhecido como Freio de Burro, esse aparelho gera força fora da boca e pode ser de vários modelo. Normalmente composto de três partes: uma faixa que vai na cabeça, ligada através de um elástico ao arco que vai na boca. De acordo com a direção da força que o ortodontista precisa aplicar para estabilizar ou movimentar os dentes, ou direcionar de forma correta o crescimento dos ossos maxilares, ela virá das regiões cervical (pescoço), occiptal (região na altura das orelhas, altura média da face) ou parietal (alto da cabeça).

Assim como os aparelhos móveis, este aparelho requer muita colaboração e cuidado do paciente, ele deve usar o tempo recomendado pelo dentista e tomar todos os cuidados com a manutenção do aparelho.


AGENDE SUA AVALIAÇÃO

Por que usar aparelhos?
Sinais de que você pode precisar de aparelho
Benefícios de usar aparelho
Dúvidas mais frequentes

Já sabemos que a palavra final sobre a necessidade do uso do aparelho deve ser sempre de um ortodontista. Mas, se você observar alguns dos sinais abaixo, fique atento, pode ser um aviso de que você precisa usar aparelho:

Dentes desalinhados

Esse é o sinal mais claro. Se os seus dentes são tortos, um aparelho dental poderá corrigí-los.

Respiração bucal

Em situações normais, o correto é respirar sempre pelo nariz. Se mesmo quando você não está resfriado você respira pela boca, é provável que a utilização do aparelho ortodôntico corrija a posição dos ossos da face e, combinado a outros tratamentos, você volte a respirar normalmente.

Dores de cabeça ou pescoço

Quando a oclusão dos dentes não está correta os músculos mastigatórios precisam fazer esforços extras para que o paciente consiga mastigar corretamente. Com isso, toda a musculatura da cabeça e do pescoço fica sobrecarregada, podendo causar dores.

Perda de algum dente permanente

Quando um dente é perdido e não é recolocado, naturalmente os dentes próximos ao espaço vão tentanto ocupá-lo. Porém, como isso é feito de maneira desordenada pelo organismo, toda a arcada dentária pode desalinhar e provocar problemas de oclusão. Então, mesmo para colocar uma prótese para substituir o dente perdido, se a perda ocorreu há muito tempo, o tratamento ortodôntico pode ser necessário.

Desproporções no tamanho da maxila e mandíbula

Se você acha que seu queixa está muito grande ou pequeno, pode estar havendo diferenças no padrão de crescimento da mandíbula e da maxila. Quanto antes isso for diagnosticado e tratado, maiores serão as chance de correção apenas com o uso de aparelhos.

Além de um sorriso bonito, o tratamento ortodôntico proporciona muitos outros benefícios:

– Aumenta a auto estima e auto confiança
– Melhora a oclusão dos dentes e a eficiência da mastigação
– Previne o desgaste dos dentes e das articulações têmporo-mandibulares (ATM)
– Melhora a digestão dos alimento e previne alguns tipos de problemas de estômago
– Facilita a higienização dos dentes, prevenindo mau hálito, cáries e doenças gengivais – Ajuda a manter a postura correta, já que os músculos do pescoço ficam mais relaxados.

AGENDE SUA AVALIAÇÃO

Você não precisa mais ter dúvidas sobre os aparelhos dentais! Abaixo os profissionais da Orthodontic respondem algumas das perguntas mais frequentes:

1. Como funcionam os aparelhos ortodônticos?
Os aparelhos fixos ou removíveis exercem uma leve pressão nos dentes, movimentando-os para corrigir sua posição na arcada dental. Cada tipo de aparelho trabalha de uma forma mas todos com a finalidade de movimentar os dentes para a posição correta. Se a força aplicada sobre os dentes foi muito grande ou inadequada, podem ser causados sérios danos tanto nas raízes dos dentes, como no osso que está ao redor do dente, podendo, em casos graves, resultar na perda do dente.

2. Quem precisa usar?
Qualquer pessoa, independente da idade, que tenha os dentes desalinhados, ou que sinta algum desconforto em relação ao posicionamento dos seus dentes. Outros sintomas como dores de cabeça ou no pescoço, dificuldades de mastigação, apertamento dental, dificuldades de fala e respiração podem ter como solução total ou parcial o tratamento ortodôntico.

3. Que aparelho é mais indicado para mim?
O que define o tipo de aparelho é exatamente o problema que o paciente tem e/ou sua idade. Por isso, apenas o ortodontista pode responder qual é o melhor tratamento para você. E ele deve ser certificado pelo Conselho Federal de Ortodontia (CRO).

4. Tem idade certa para usar aparelho?
Não existe idade certa para usar aparelho. O que existe, é a idade mais adequada para se iniciar o tratamento de acordo com cada caso. Em alguns casos, é necessário usar algum tipo de aparelho, ainda quando o paciente apresente a maior parte dos “dentes de leite”. Em outras situações, é mais interessante aguardar a troca de alguns dentes, para que possamos começar com o tratamento. Portanto, indica-se, que assim que a criança tenha todos seus “dentes de leite” na boca (por volta de 03 anos de idade), seja feita uma avaliação ortodôntica. Nessa idade, dificilmente colocaremos algum tipo de aparelho, mas certamente teremos a possibilidade de planejar a melhor forma e a melhor idade para iniciar o tratamento ortodôntico. Porém, se o momento mais adequado passou, não se preocupe! Nunca é tarde para realizar o sonho de ter um sorriso mais bonito. Com o avanço da tecnologia, dá para tratar pacientes desde os 3 até os 70 anos. O correto é agendar uma avaliação para que Ortodontista possa avaliar o seu caso.

5. Qualquer pessoa pode usar aparelho?
Sim! Com a tecnologia disponível nos aparelhos da Orthodontic, a imensa maioria das pessoas pode fazer o tratamento de aparelho dentário com segurança. A exceção fica para casos que apresentam doenças graves de gengiva sem tratamento adequado.

6. Como faço para saber se preciso usar aparelho? E o qual o aparelho mais indicado para mim?
A única forma de saber com absoluta segurança é realizando a avaliação em uma clínica de confiança e com experiência na área. O profissional responsável, terá uma ideia inicial de sua situação e certamente solicitará alguns exames complementares (documentação) para chegar a um diagnóstico correto e um planejamento de como resolver seu problema. Cada tipo de aparelho tem a sua indicação específica. Então, com os seus exames em mãos, o profissional poderá dizer com total certeza, qual o aparelho mais indicado para o seu caso.

7. Que exames eu preciso fazer para colocar aparelho dental?
Os exames para colocação do aparelho são simples, mas são essenciais para segurança do paciente. Eles incluem fotos, radiografias, moldes e uma série de números em laudos que o dentista especialista utiliza para indicar a melhor maneira de tratar com o aparelho dentário.

8. Como os brackets são colados nos dentes?
Na Orthodontic, os especialistas utilizam materiais adesivos que se assemelham aos que são utilizados na própria restauração dos dentes, o que assegura a integridade da superfície dos dentes durante o tratamento. Materiais adesivos de qualidade associados com a adequada higiene dentária durante o tratamento garantem a saúde dos dentes.

9. O arco (arame) é colocado no mesmo dia da colagem dos brackets?
Na maioria dos casos sim, porém há situações em que o arco pode ser colocado numa outra etapa, isto depende da técnica utilizada e do planejamento do tratamento.

10. Todo aparelho precisa das borrachinhas para prender o arco?
Não, atualmente há o aparelho autoligado que dispensa as borrachinhas pois o arco é preso por uma tampa que faz parte do bracket.

11. Eu mesmo posso trocar as borrachinhas do meu aparelho?
De maneira nenhuma! O responsável por trocar as borrachinhas do seu aparelho é exclusivamente o seu dentista. Ao trocar sozinho suas borrachinhas, você poderá alterar a força que ela exerce em seus dentes, podendo causar problemas irreversíveis (especialmente nas raízes). Além disso, ao tentar trocar a borrachinha do aparelho, poderá acontecer algum tipo de dano ao seu aparelho ortodôntico, o que pode causar um retardo em seu tratamento como um todo. Há um outro detalhe muito importante, as borrachinhas precisam de um tempo mínimo para que sejam trocadas, visto que, seu organismo precisa responder a ativação ortodôntica realizada em sua última consulta.

12. Eu posso ter cáries ou manchas nos dentes por causa do aparelho?
O que causa manchas e cáries é uma combinação de fatores, como o consumo excessivo de doces (açúcares) e uma higiene bucal deficiente. O aparelho pode facilitar seu aparecimento, uma vez que dificulta a escovação e facilita o acúmulo de alimentos, por isso a atenção com a higiene bucal é fundamental para quem usa aparelho.

13. O aparelho dental machuca muito?
Se a pessoa não tomar os cuidados necessários o aparelho pode quebrar/soltar e acabar machucando a boca. Durante os primeiros dias, onde ocorre a fase de adaptação, o aparelho pode machucar mas isso depende muito da resposta biológica de cada um. Para os casos de pacientes com maior sensibilidade ao aparelho, existem artifícios para ajudar na adaptação, como as ceras, que podem ser colocadas no aparelho e impedem que ele machuque a boca, ou até, remédios analgésicos.

14. Em média quanto tempo dura um tratamento?
Em média um tratamento ortodôntico dura 36 meses. Dependendo da complexidade pode durar mais tempo, porém, em todos os casos alguns fatores devem ser considerados: colaboração do paciente (quebra do aparelho, faltas), resposta biológica (diferença de consistência óssea) e idade do paciente. Isto tudo influencia na velocidade do tratamento.

15. Por que algumas pessoas precisam extrair um ou mais dentes antes do tratamento ortodôntico?
A falta de espaço é a principal indicação para extração dentária para tratamento ortodôntico. A indicação deverá ser feita pelo ortodontista, após haver estudado o caso minuciosamente com a documentação em mãos. Existem algumas formas de tratamento, dependendo do caso, que a extração é evitada. Por isso o correto planejamento é fundamental para o resultado final ser satisfatório. Uma extração mal planejada pode trazer consequências comprometedoras no o sucesso do caso.

16. Os dentes podem sair da posição depois que o aparelho fixo é removido? Eu vou precisar de aparelho móvel?
Sim. Quanto mais correta for a finalização do tratamento ortodôntico, menor a chance de movimentação dentária após o tratamento. Mas, mesmo assim, os dentes podem mover-se no caso de não utilização da contenção. O protocolo ideal é remover o aparelho fixo e imediatamente instalar a contenção móvel superior e fixa inferior. As contenções ajudam estabilizar o caso mantendo os dentes na posição que terminou o tratamento ortodôntico.

17. E tudo isso custa caro?
Hoje em dia o tratamento ortodôntico ficou muito acessível! Ainda mais se comparado aos benefícios para a sua saúde, os valores tornam-se um investimento pequeno, mas necessário. Agende sua avaliação agora mesmo e conheças as oportunidades oferecidas pela Orthodontic.

AGENDAMENTO ONLINE

DEIXE SEU TELEFONEQUE LIGAMOS PRA VOCÊ.